Les McKeown diz-nos que qualquer um pode praticar atos de liderança. Que não é preciso ser o líder de uma equipa, designado formalmente por uma empresa, para poder liderar. No seu livro, “Para liderar não basta mandar” (editado pelo Clube do Autor), até dá exemplos de histórias que considera meros atos de liderança que podem ser praticados por qualquer pessoa: “Numa videoconferência durante a tarde, um colega ofereceu-se para retirar 10 dispositivos da apresentação que iríamos fazer no dia seguinte, que estava complicada e demasiado demorada.” Outro exemplo: “No decurso de uma reunião num café local, assisti a um empregado que parou de limpar os tampos das mesas e foi ajudar um colega quando a fila se tornou demasiado longa.” Deve estar a questionar-se se estes casos são realmente atos de liderança. Les McKeown defende que sim. Na sua visão, “liderança consiste em ajudar qualquer grupo de duas ou mais pessoas a atingir os seus objetivos comuns”.  

A questão é que, nos dias de hoje, o conceito de liderança está mais associado a atos “heroicos”, o que o autor considera um mito. Les McKeown admite que este tipo de liderança existe, mas o mais frequente é ser algo relativamente simples, discreto e banal. “Tenho um fraquinho por atos de líderes heroicos e ao ver pessoas a fazer coisas incríveis sob tensão, a guiar outros através de situações difíceis que elas próprias também enfrentam (…). Porém, isso não significa que devamos pegar no modelo do ‘herói-líder’ como o único possível, ou como o principal modelo de liderança”, lemos no livro. O autor, que trabalha como coach executivo, aponta ainda outros mitos sobre liderança moderna que surgiram nos últimos tempos: para ser um bom líder temos de ter carisma, brilhantismo e inteligência (estas características ajudam, mas não são pré-requisitos); é preciso estar na linha da frente para liderar; e que a liderança só é revelada em tempos de crise. Les McKeown diz que, pelo contrário, a liderança é algo simples, a liderança pode ser levada a cabo por qualquer um, mesmo não sendo o líder reconhecido pelo grupo, a liderança que faz a diferença acontece todos os dias, não só em tempos de crise. 

Depois de deitar por terra os quatro mitos da liderança no livro, o autor fornece ainda um kit de ferramentas para nos transformarmos num líder mais eficaz, indicando o mindset necessário, as técnicas para lidar com os fracassos e um guia de como começar. Se já é um líder, o autor espera que o livro ajude a reacender a paixão pela liderança. 

Les McKeown é presidente da Predictable Success, empresa de consultoria que presta assessoria a líderes de topo. Fundou mais de 40 empresas em diversos países. 

Editora Clube do Autor | Preço: 11,90€