Chaves, cofres digitais, fechaduras eletrónicas e controladas por smartphone, comandos para automóveis, portas de alta segurança, alarmes e circuitos internos de vigilância com alta tecnologia. São apenas alguns exemplos de produtos da Chaviarte, empresa portuguesa líder no setor de serviços e produtos de segurança para particulares e empresas há 24 anos. Começou com uma loja no centro de Vila Nova de Gaia, hoje tem 11 lojas próprias. “Após a primeira loja, que abrimos a 3 de junho de 1995, fomos abrindo lojas de retalho à cadência de uma a duas por ano, chegando às 14 lojas próprias. Em 2005, decidimos optar pelo franchising como estratégia para continuar a crescer estruturalmente por todo o País. As ofertas e a insistência por parte dos operadores de shoppings e hipermercados eram tão atrativas que procurámos um meio de corresponder a essa procura”, conta António Correia, administrador da Chaviarte. Com esta aposta no modelo de franchising há 14 anos, a Chaviarte cresceu e atinge no presente as 48 lojas em funcionamento em Portugal e Angola (abriu uma loja em Luanda em maio deste ano).

“A Chaviarte tem em stock permanente cerca de 10 mil artigos, o que garante aos seus clientes uma variedade de escolha e capacidade de entrega acima da média.”

As lojas da Chaviarte dispõem de uma extensa gama de produtos e serviços que vai desde a duplicação de chaves e comandos, venda e instalação de fechaduras, portas de segurança, abertura de portas, carimbos, reparação de calçado, matrículas a venda de produtos de segurança para habitação como cilindros e fechaduras de alta segurança, alarmes wireless e cofres para particulares ou empresas. “A Chaviarte tem em stock permanente cerca de 10 mil artigos, o que garante aos seus clientes uma variedade de escolha e capacidade de entrega acima da média. Os nossos 24 anos de especialização nesta área antecipam a qualidade dos nossos técnicos e dos nossos serviços, assim como o conhecimento aprofundado e a seleção dos melhores produtos. Também a nossa política de qualidade e melhoria contínua asseguram a satisfação plena das necessidades dos nossos clientes”, aponta o responsável, justificando a grande procura pelas soluções da Chaviarte.

No ano passado, o grupo Chaviarte faturou cerca de 5,5 milhões de euros. A contribuir para o sucesso da empresa, o administrador António Correia considera que “a orientação estratégica para a satisfação dos clientes e franchisados, a busca da melhoria contínua, o permanente estudo do mercado e da inovação no setor e a especialização são os fatores chave, não sendo dissociável a qualidade dos seus recursos humanos.” Mas não só: a solução de renting da GRENKE também tem sido uma vantagem para a Chaviarte. “Esta solução veio facilitar o nosso investimento em tecnologia, antecipando bastante as decisões de aquisição de equipamentos e software e conferindo assim uma vantagem competitiva das nossas lojas face aos demais. Temos uma relação com a GRENKE próxima e simples. As ferramentas disponibilizadas e o processo de decisão simplificam e muito todos os processos. Hoje em dia todos procuramos simplicidade e rapidez de processos e isso a GRENKE dá-nos a um preço justo”.