Bons Negócios

Networking

Capa  |   05 Dez 2017

Quem conhecemos é mais importante do que imagina. Segundo Nicholas Christakis, social scientist, as pessoas que nos rodeiam, em redes sociais de amigos, familiares, colegas de trabalho, têm um profundo impacto na qualidade da nossa vida. Influenciando a nossa felicidade e até saúde. "As nossas redes de contacto têm valor. São um tipo de capital social", disse Christakis, durante a sua apresentação "The Hidden Influence of Social Networks", numa conferência TED. Há quem vá mais longe e diga que os nossos contactos podem ser tão ou mais valiosos que o dinheiro que temos no banco! Acredita? Sim, não, talvez...? Há estudos que demonstram que sim. Que o capital social é mais importante do que julgamos. Por exemplo, no artigo "How to Build Your Network", publicado pela Harvard Business Review em dezembro de 2005, os autores Brian Uzzi e Shannon Dunlap citam um estudo do sociologista Randall Collins, da Universidade da Pensilvânia, que revelava que a ascendência de figuras como Freud, Picasso, Watson e Crick, e Pitágoras foram resultado das suas redes de contactos pessoais e que se traduziu numa excecional criatividade individual. Os dois autores dizem ainda que "as redes de contactos podem determinar quais as ideias que prosperam, que novos medicamentos são prescritos, que agricultores cultivam culturas resistentes a pragas e quais os engenheiros de pesquisa e desenvolvimento produzem as descobertas de maior impacto". O estudo é de 1998 mas o argumento de Randall Collins ainda se aplica aos dias de hoje - ter uma boa rede de contactos pode mudar tudo nas nossas vidas. A nível pessoal e profissional. Uma boa rede de contactos pode ajudá-lo a ter mais visibilidade. Pode ajudá-lo a relacionar-se com pessoas influentes. Pode abrir-lhe portas a novas parcerias. Pode ajudá-lo a fechar mais negócios.

Leia na edição impressa, de dezembro de 2017, da revista Bons Negócios, a reportagem completa sobre o tema.

 

Partilhe este artigo

Comentários  |  0 Comentários

Máximo 600 caracteres | Política de Comentários

Submeter
Subscrever Newsletter