Bons Negócios

GOOGLE

Olhares  |   13 Dez 2016

Em fevereiro de 2002 a Google lançou o seu primeiro produto para empresas, o Google Search Appliance, iniciando assim a sua área de negócio Google for Work. O objetivo: oferecer a clientes empresariais as mesmas tecnologias que a multinacional norte-americana já utilizava internamente para organizar o seu trabalho. “O primeiro produto/serviço consistia em disponibilizar uma appliance com o mesmo algoritmo de pesquisa do google.com. Pretendia-se que as organizações disponibilizassem toda a sua informação digital, localizada em diversos sistemas ao longo da organização, de forma fácil e intuitiva a todos os seus colaboradores, onde quer que se encontrassem”, adianta Pedro Félix Mendes, territory manager da Google Portugal. Ou seja, o Google Search Appliance permitia que os colaboradores conseguissem pesquisar documentos organizados em diferentes sistemas, como CRM, arquivos em rede e páginas de intranet. No início deste ano, a Google anunciou que este serviço de pesquisa para empresas vai começar a funcionar na cloud. A oferta da Google for Work abrange atualmente cinco áreas: o Google Search, Google Apps for Work, Google Cloud Plataform, Google Maps e Google Chrome. Qual a principal vantagem destas ferramentas para uma empresa? Segundo Pedro Félix Mendes, pode significar uma “mudança positiva através da inovação. A mudança deverá ser um fator transformador dos processos organizativos e não apenas uma realocação no local onde os dados estão localizados. Porquê ‘mudar’ mas depois continuar a fazer tudo igual?”. Motorola, Salesforce, PwC, são alguns dos clientes da Google.

Partilhe este artigo

Comentários  |  0 Comentários

Máximo 600 caracteres | Política de Comentários

Submeter
Subscrever Newsletter