Bons Negócios

Curriculum Vitae, a sua entrada para o mercado de trabalho

Opinião  |   07 Mar 2017  |  Por: Vânia Borges

O Curriculum Vitae (CV) representa o principal meio de apresentação de um candidato quando o mesmo se propõe a uma oferta de trabalho. Funciona como um cartão-de-visita. No momento de elaboração do CV, existem alguns pontos fundamentais que devem ser tidos em consideração, como o modelo de apresentação e a informação que nele consta. Apesar de existirem vários modelos de apresentação de um CV, não existe um consenso sobre o melhor modelo a usar. Em áreas como o marketing e design, por exemplo, nas quais a criatividade é uma competência importante, aconselhamos um modelo bem estruturado e que seja de fácil leitura. O fundamental é que o CV contenha a informação chave que permita ao profissional que o está a analisar, fazer uma primeira avaliação sobre a adequação do candidato ao projeto em questão.
Um bom CV deverá conter os dados biográficos, a experiência profissional, o percurso académico, as competências, os conhecimentos e outras informações que sejam consideradas relevantes para a função a que o candidato se está a candidatar, como interesses e hobbies.
A informação que consta na descrição da função não deverá ser demasiado extensa, mas deverá conter as tarefas chave que foram desempenhadas e toda a informação colocada deverá corresponder à realidade.
Uma construção frásica bem feita e um CV sem erros ortográficos são fundamentais. E no momento da escolha da fotografia, caso opte por colocar uma, deverá ter um aspeto profissional.
O CV tornou-se um documento praticamente obrigatório na procura de uma oferta/projeto profissional e atualmente as próprias redes sociais profissionais usam a mesma estrutura nas páginas de apresentação de perfis, o que tem permitido aos recrutadores ter acesso a informação profissional dos candidatos, muitas vezes substituindo a necessidade de envio de um CV.
Um Curriculum Vitae bem apresentado pode marcar a diferença entre o candidato ser ou não ser chamado para uma entrevista de emprego. O documento deve despertar a curiosidade do recrutador em conhecer pessoalmente o candidato. O CV deverá abrir uma primeira porta, mas será no contacto presencial que o candidato deverá desenvolver a informação colocada no seu CV e mostrar que é o candidato ideal para a função.

Créditos imagem © Viktorija Reuta

Partilhe este artigo

Comentários  |  0 Comentários

Máximo 600 caracteres | Política de Comentários

Submeter
Subscrever Newsletter