O vosso creme hidratante ATL foi eleito Escolha do Consumidor 2018. O que significa esta certificação para a Edol?
Como empresa 100% portuguesa, a opinião dos nossos consumidores é um fator primordial para a continuidade da marca. Ter obtido esta certificação representa para nós uma recompensa enorme pelo trabalho elaborado ao longo destes anos na implementação desta marca junto do nosso público. É bastante gratificante verificar que esse trabalho é reconhecido pelos consumidores e dá-nos uma força ainda maior para continuar a nossa missão.

Além deste produto da gama ATL, que outros produtos destacam do vosso portfólio?
Podemos destacar uma gama de produtos que lançámos recentemente chamada Thruster Sports Care. É uma marca destinada aos praticantes de desporto ao ar livre que gostam de aliar a proteção solar e a hidratação corporal, a hábitos de vida saudáveis. É composta pela linha de protetores solares – Thruster Sun Screen – 100% biológicos e com a certificação Ecocert, que não poluem os oceanos e não são testados em animais. Estão presentes em formatos variados, alguns deles bastante diferenciadores como o boião doseador de 400g ou caixa de 20 saquetas de 5g. Como complemento desta linha, temos a linha de hidratação Thruster Sun Screen, para quem aposta numa hidratação profunda antes, durante e após a prática desportiva.

A vossa aposta na inovação, investigação e desenvolvimento tem permitido à Edol alcançar outras conquistas?
Estamos constantemente a trabalhar no sentido de melhorar os nossos produtos e trazer soluções inovadoras para o mercado, mesmo que estas sejam disruptivas com aquilo que já existe. O exemplo dos produtos descritos anteriormente – a gama Thruster Sports Care – são prova disso mesmo.
Somos uma empresa portuguesa e com um caráter muito dinâmico, por isso, a nosso ver, parar é morrer. Temos que estar sempre atentos às tendências de mercado e aos hábitos de consumo dos nossos clientes. A aposta nestas áreas, como resposta às necessidades dos nossos clientes e da nossa sociedade, foi, é e será sempre uma prioridade.

Quanto é que a Edol investe em Investigação e Desenvolvimento por ano?
O Laboratório Edol investe em I&D cerca de meio milhão de euros por ano.

O vosso lema é “saúde que se vê”. Quais os vossos objetivos para o futuro para que continuem a cumprir este lema da Edol?
De forma a cumprir com o lema “saúde que se vê”, a nossa estratégia passa pela qualidade dos nossos produtos e, ao mesmo tempo, proporcionar condições, bem-estar e segurança aos nossos colaboradores. Posto isto, temos, ao longo da última década, investido numa nova unidade industrial e em novos escritórios, nos quais nos vai ser possível fortalecer a nossa posição no mercado nacional, reforçar e aumentar a nossa presença nos mercados internacionais e ainda produzir para outras marcas.
Estamos convictos que esta nova unidade industrial vai contribuir para um aumento considerável de volume de negócio e para reposicionar o Edol enquanto empresa de referência nas áreas onde atua.

“Acreditamos que a aposta na inovação tecnológica adequada é um fator diferenciador e competitivo que abre portas para novas parcerias, trazendo benefícios financeiros e cognitivos”

Qual a importância da inovação e renovação dos equipamentos tecnológicos para o vosso negócio?
À semelhança de outras indústrias, a inovação tecnológica no ramo farmacêutico mais do que importante é necessária! Ao longo dos anos, fomos renovando e atualizando equipamentos de forma a ir ao encontro das nossas necessidades produtivas bem como dos requisitos, cada vez mais exigentes, que caracterizam este tipo de indústria.
A construção da nova unidade industrial é a prova disso mesmo. Iremos instalar equipamentos que aliam as melhores e mais recentes soluções tecnológicas às exigências legais impostas e às tendências de mercado. A introdução do formato OSD na linha de colírios espelha esta filosofia e permite o fabrico e comercialização de produtos sem conservantes.
Acreditamos que a aposta na inovação tecnológica adequada é um fator diferenciador e competitivo que abre portas para novas parcerias, trazendo benefícios financeiros e cognitivos.

“O renting permite-nos pagar pela utilização de um bem por um determinado período de tempo e substituí-lo por outro, mais atual, no final do contrato. Isto torna-nos mais eficientes do ponto de vista tecnológico”

Considera o acesso ao renting fundamental para a Edol crescer e inovar no seu setor?
Sim, consideramos. É uma forma de financiamento com uma vantagem importante para nós. Na indústria farmacêutica os equipamentos associados ao processo de fabrico e controlo de qualidade caracterizam-se por uma componente tecnológica elevada, o que nos obriga a estar em constante atualização. O renting permite-nos pagar pela utilização de um bem por um determinado período de tempo e substituí-lo por outro, mais atual, no final do contrato. Isto torna-nos mais eficientes do ponto de vista tecnológico.

Como é a relação entre a Edol e a GRENKE?
A relação entre a EDOL e a GRENKE é de parceria. Quando temos necessidades, falamos com o nosso gestor e a GRENKE ajusta as condições de forma adequada. Tem corrido sempre tudo muito bem.